UOL Pan 2011 Diego Hypolito ganha no salto e leva seu 3º ouro; Daniele leva dois bronzes - 28/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/28/diego-hypolito-ganha-no-salto-e-leva-seu-3-ouro-daniele-leva-dois-bronzes.htm
  • Diego Hypolito ganha no salto e leva seu 3º ouro; Daniele leva dois bronzes
  • 31/08/2014
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Diego Hypolito fez boa apresentação no salto e conquistou seu terceiro ouro no Pan

Diego Hypolito fez boa apresentação no salto e conquistou seu terceiro ouro no Pan

28/10/2011 - 16h52

Diego Hypolito ganha no salto e leva seu 3º ouro; Daniele leva dois bronzes

Gustavo Franceschini
Em Guadalajara (MEX)

Diego Hypolito é o maior nome da ginástica artística no Pan. Decisivo no ouro por equipes, tranquilo no solo e campeão também no salto, nesta sexta, o brasileiro somou seu terceiro ouro e fechou sua passagem pelo Pan de Guadalajara com 100% de aproveitamento.

Primeiro a saltar, o atleta do Flamengo anotou 15,875 e não foi mais alcançado por nenhum de seus rivais. Tomás Gonzalez, seu principal adversário, errou feio um dos saltos e conseguiu só 15,587, ficando apenas com a prata.

Com isso, Diego Hypolito se firma como o maior nome da ginástica masculina no Pan até agora. Só ele soma três medalhas de ouro na competição, com 100% de aproveitamento nas finais em que esteve presente, superando seu desempenho no Pan do Rio de Janeiro. Há quatro anos, Diego ganhou ouros no solo e no salto, mas foi prata por equipes.

O resultado no México ratifica o bom momento de Diego. No início do mês, ele foi o terceiro colocado no Mundial do Japão no solo, garantindo antecipadamente sua vaga para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Em janeiro, ele vai com a seleção completa para o evento-teste na Inglaterra, onde o Brasil pode classificar toda sua equipe masculina para as Olimpíadas.

Daniele Hypolito salvou a participação da ginástica artística feminina do Brasil ao conquistar as medalhas de bronze na trave e no solo. Mesmo sofrendo uma queda durante a apresentação do primeiro aparelho, a brasileira obteve 13.750 pontos e garantiu o terceiro lugar. O ouro ficou com a guatemalteca Ana Sofia Gomes e a prata com a canadense Kristina Vaculik.

No solo, ela cometeu uma pequena falha no último salto e perdeu o ouro para a mexicana Ana Estefania Lago por uma pequena diferença, com 13,750 contra 13,800 da atleta da casa. A prata ficou com a canadense Mikaela Gerber, com 13,775. As conquistas de Daniele Hypolito no último dia foram as únicas da ginástica artística feminina em Guadalajara até agora. A última vez que nenhuma ginasta brasileira subiu no pódio em um Pan-Americano ocorreu em Mar del Plata-1995.

"Estou muito contente. Medalha é medalha. Para um atleta é sempre importante ir para o pódio. É bom ver os Hypolitos subindo no pódio mais uma vez", disse a atleta, que se recusou a falar sobre as críticas que a ginástica feminina vem recebendo. "Eu falei e muitos [repórteres] não colocaram como eu disse, então sobre esse assunto eu não vou falar mais. A decisão sobre o futuro, se vai ter seleção permanente ou não, cabe à confederação", completou. 

Diego Hypolito também quis encerrar a conversa. "Até para encerrar esse assunto. O que elas têm de fazer é treinar. A questão da união é real, é importante. Mas tem de pegar o aparelho e treinar, esse é o segredo. Elas têm tanta oportunidade quanto a gente", disse o ginasta. 

Sergio Sasaki, ainda lesionado, disputou a final das barras paralelas e ficou na quinta colocação. O ouro ficou com o mexicano Daniel Corral. Já Petrix Barbosa, último do dia a competir, foi o quarto na barra fixa.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros