UOL Pan 2011 Égua medalhista tem tratamento humano, já viaja de avião e tira um mês de férias - 30/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/30/egua-bridgit-ganha-tratamento-humano-ja-viaja-de-aviao-e-tira-um-mes-de-ferias.htm
  • Égua medalhista tem tratamento humano, já viaja de avião e tira um mês de férias
  • 13/05/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Bernardo Alves se refere à égua Bridgit quase como uma pessoa: "ela é a grande atleta"

Bernardo Alves se refere à égua Bridgit quase como uma pessoa: "ela é a grande atleta"

30/10/2011 - 10h03

Égua medalhista tem tratamento humano, já viaja de avião e tira um mês de férias

Roberta Nomura
Em Guadalajara (México)

Bernardo Alves foi o único cavaleiro brasileiro a sair do Pan de Guadalajara com uma medalha individual no hipismo. Na premiação após a final dos saltos, a parceira Bridgit fez companhia no pódio. A égua está sempre presente no discurso do mineiro, que faz questão de dizer que ela é a principal atleta do conjunto. O animal de 10 anos recebe tratamento humano, já viaja de avião e ainda ‘curtirá’ um mês de férias.

Brasileiros no décimo quinto dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no décimo quinto dia do Pan de Guadalajara

Mas antes da glória, Bridgit passou por período difícil no primeiro semestre. Ela sofreu uma lesão no tendão e ficou parada por três meses. “Foi um ano difícil. Achei que não ia dar tempo de fazer um trabalho bom para cá. Mas ela atingiu seu auge aqui no Pan e estou muito feliz”, disse Bernardo Alves. Quem passa ao lado do cavaleiro e ouve parte da conversa pode jurar que em vários momentos ele se refere a uma pessoa.

BERNARDO ALVES FICA COM O BRONZE

  • Claudia Daut/Reuters

    Rodrigo Pessoa ficou de fora da final individual dos saltos por lesão da égua HH Ashley. Mesmo sem o medalhista de prata no Pan do Rio-2007, o Brasil subiu ao pódio em Guadalajara. Bernardo Alves estava em quarto, mas contou com uma falha do norte-americano Mclain Lindsey Ward no fim e faturou o bronze. O resultado deste sábado quebra a sina na prova mais badalada do hipismo – desde Havana-1991, o país só obtinha medalhas de oito em oito anos em Pans.

A forma de falar e a colocação nas frases dão a impressão de que a égua é um ser humano. “Não, mas ela é quase isso. O grande atleta é ela. Porque é o cavalo que tem que estar em condições e com o físico em ordem”, explicou o cavaleiro. Bridgit está com 10 anos, início do auge que deve durar até os 14. Mas, agora, precisa melhorar fisicamente para buscar uma vaga na Olimpíada de Londres-2012.

“Ela precisa saltar a 1,60 m. Aqui conseguiu, mas na Olimpíada tem quatro ou cinco obstáculos dessa altura. Precisa ficar mais forte mesmo”, explicou Bernardo Alves. O bronze individual nos saltos também satisfez o cavaleiro porque Bridgit é novata. “Ela tem pouco experiência internacional. Se contar, deve ter no máximo dez Grand Prix. Mas ela vai adquirir ao longo dos anos”, completou.

Logo depois do pódio dos saltos em Guadalajara, o conjunto se separou. Bernardo Alves foi para a coletiva de imprensa enquanto Bridgit foi receber os cuidados necessários após a prova. “A veterinária já está dando os relaxantes, para desinflamar um pouco. Depois monta ela um pouquinho para sair o ácido lático do músculo. É só andar um pouquinho mesmo”, afirmou.

Bridgit também inspira outros cuidados. Bernardo Alves já está decidido a dar pelo menos um mês de férias para a parceira de conjunto. “Ela precisa de descanso. Vai ficar um ou dois meses sem competir para relaxar”. A égua deixa o México daqui a dois dias. Ela vai viajar de avião e fazer escala na Cidade do México antes da chegada a Amsterdã, na Holanda. “Não vai de navio não. Vai de avião. Se bobear, ela viaja melhor do que a gente”, concluiu o cavaleiro.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros