UOL Pan 2011 Caçula do Brasil tem só 14 anos e diz que é confundida com "filha de atleta" na Vila - 28/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/28/cacula-do-brasil-tem-so-14-anos-e-diz-que-e-confundida-com-filha-de-atleta-na-vila.htm
  • Caçula do Brasil tem só 14 anos e diz que é confundida com "filha de atleta" na Vila
  • 27/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Andressa Mendes (à dir.) é a caçula da delegação e chama atenção do mais velhos

Andressa Mendes (à dir.) é a caçula da delegação e chama atenção do mais velhos

28/10/2011 - 12h00

Caçula do Brasil tem só 14 anos e diz que é confundida com "filha de atleta" na Vila

Gustavo Franceschini
Em Guadalajara (MEX)

Andressa Mendes é a mais nova, a mais baixa e a mais leve da delegação brasileira. A atleta dos saltos ornamentais, com 14 anos de idade, chama a atenção até entre suas colegas de competição. Na Vila Pan-Americana, entre esportistas bem mais velhos, ela passa como filha de alguém que está acompanhando a competição.

“No elevador sempre me falam ‘que idade você tem?’ Eu acho normal. Já perguntaram até se eu não era filha de algum atleta que estava ali”, disse Andressa, logo depois de competir ao lado de Natali Cruz, uma “veterana” com 18 anos de idade.

As duas se dizem deslumbradas com a convivência com grandes nomes do esporte. A dupla está em Guadalajara sem grandes expectativas de medalha e quer ganhar experiência. Em meio a isso, comemora o fato de poder dividir a sala de fisioterapia do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) com Maurren Maggi e Leandro Guilheiro, dois medalhistas olímpicos.

Os mais velhos, no entanto, não são tão solícitos assim. Andressa ostenta uma longa cabeleira cacheada, que está ameaçada por um trote da delegação. “Não vão cortar meu cabelo não. Eu vou dormir de coque”, ameaça a pequena quando sua treinadora conta para ela sobre a tradição entre os atletas de esportes aquáticos.

Andressa está na oitava série e estuda no Rio de Janeiro, cidade onde vive e treina diariamente. Segundo ela, as faltas em excesso são negociadas pela mãe com o diretor do colégio, que entende a situação especial da jovem atleta.

O problema maior de estar fora é desconectar-se do mundo virtual. “A gente tenta ficar bem focada na competição, mas às vezes não tem jeito. Essa aí, por exemplo, não consegue desligar da internet”, entrega Natali, ao que Andressa responde, aos risos: “Sou viciada em Facebook”.

Brasileiros no décimo terceiro dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no décimo terceiro dia do Pan de Guadalajara

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros