UOL Pan 2011 Após perder revanche, Mayra ganha bronze de consolação; Maria Portela também é pódio - 27/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/27/maria-portela-e-bronze-com-medalha-relampago-para-o-judo-brasileiro-mayra-tambem-e-bronze.htm
  • Após perder revanche, Mayra ganha bronze de consolação; Maria Portela também é pódio
  • 21/01/2019
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Mayra Aguiar atropelou a argentina Lorena Briceño e ficou com a medalha de bronze

Mayra Aguiar atropelou a argentina Lorena Briceño e ficou com a medalha de bronze

27/10/2011 - 20h17

Após perder revanche, Mayra ganha bronze de consolação; Maria Portela também é pódio

Bruno Doro
Em Guadalajara (México)

A norte-americana Kayla Harrison é um verdadeiro bicho-papão para a brasileira Mayra Aguiar. Em 2010, foi ela que impediu que a gaúcha se tornasse a primeira brasileira campeã mundial de judô – Harrison foi campeã mundial ao bater Mayra na final. No Pan de Guadalajara, mais uma vez as duas se encontraram. E mais uma vez o resultado foi favorável para a norte-americana.

GUILHEIRO CONQUISTA OURO NO MÉXICO

  • Flávio Florido/UOL

    O ouro mais provável do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara se confirmou. Nesta quinta-feira, Leandro Guilheiro venceu o porto-riquenho Gadiel Miranda e conquistou o título pan-americano dos 81 kg. É seu primeiro ouro em Pans, após a prata do Rio-2007, e mantém a série de 16 pódios seguidos em torneios internacionais.

Mayra perdeu nas quartas de final, foi para a repescagem e, nesta noite, conseguiu o bronze, de consolação. No México, ela venceu a venezuelana Diana Chala, perdeu para Kayla e venceu, na final da repescagem, a mexicana Lênia Ruvalcaba. Na luta pela medalha, atropelou a argentina Lorena Briceño.

A vitória e o pódio, porém, não foram suficientes para que a gaúcha se esquecesse a derrota para Kayla, por duas punições. “As nossas lutas são sempre assim, definidas nas punições. Não me lembro de nenhuma em que ela conseguiu me jogar”, conta a gaúcha.

A luta desta quinta era tratada como de vida ou morte pela norte-americana. Kayla foi vice-campeã no Grand Slam do Rio após levar “uma surra” de Mayra. “Ela entrou mordida. Deu para perceber”.

Maria Portela também é bronze, após erro

Entre os brasileiros que lutaram nesta quinta-feira, Maria Portela foi a primeira a subir ao pódio. Ela conquistou a quarta medalha do Brasil no judô e nenhuma das lutas durou os cinco minutos regulamentares.

Na estreia, contra a equatoriana Vanessa Chala, precisou apenas de dez segundos para aplicar o ippon. Na semifinal, a rapidez ficou com sua rival. A colombiana Yuri Alvear, campeã mundial em 2009, venceu em 2min44s. Na decisão do bronze, Maria bateu a norte-americana Kathleen Sell com mais um ippon, com 3min43s.

"Ela era bem mais alta, uma das mais altas da categoria. E todo o meu trabalho é feito para que eu seja mais rápida e mais forte", afirmou Maria Portela após vencer a norte-americana que mede 1,80 m contra sua estatura de apenas 1,58 m na disputa do bronze.

A judoca gaúcha reconheceu ter cometido um erro na disputa da vaga na final, quando perdeu para a colombiana Yuri Alvear.

"Eu acabei entrando com o braço esquerdo. Sou destra e quando ela entrou para dar o golpe, eu estava com o braço fraco", justificou.

Com as duas medalhas de bronze conquistadas nesta quinta-feira pelo Pan, a treinadora Rosicléia Campos avaliou como parcialmente satisfatório o resultado em Guadalajara.

"Não eram as medalhas que a gente queria conquistar, mas em três categorias foram três medalhas", declarou a treinadora lembrando que na quarta-feira Maria Suelen Altheman ficou com o bronze na categoria acima de 78 kg.

LEANDRO GUILHEIRO E MAYRA AGUIAR COMEMORAM CONQUISTAS NO PAN

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros