UOL Pan 2011 Juízes confundem estilos e brasileira perde duas vezes para vice-campeã mundial júnior - 22/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/22/brasileira-perde-de-campea-mundial-junior-na-estreia-da-luta.htm
  • Juízes confundem estilos e brasileira perde duas vezes para vice-campeã mundial júnior
  • 19/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
A brasileira Joice da Silva perdeu na estreia da luta olímpica, categoria até 55 kg

A brasileira Joice da Silva perdeu na estreia da luta olímpica, categoria até 55 kg

22/10/2011 - 13h10

Juízes confundem estilos e brasileira perde duas vezes para vice-campeã mundial júnior

Bruno Doro
Em Guadalajara (México)

Os juízes fizeram uma lambança neste sábado e obrigaram a brasileira Joice da Silva a lutar duas vezes com a norte-americana Helen Maroulis. Vice-campeã mundial júnior, a atleta dos EUA venceu ambos os combates. A brasileira vai voltar a lutar na repescagem, já que sua algoz já se classificou para a decisão da categoria até 55 kg.

Brasileiros no oitavo dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no oitavo dia do Pan de Guadalajara

ALINE FERREIRA VENCE PANAMENHA E JÁ ESTÁ NAS SEMIFINAIS ATÉ 72 KG

Se a estreia de Joice Silva foi tumultuada, a de Aline Ferreira foi tranquila. A brasileira vice-campeã mundial júnior venceu a panamenha Ashley Zarate por 5 a 0. Agora, enfrenta a dominicana Elza Sanchez por vaga na decisão.

O problema aconteceu no fim do primeiro round. Com o empate em 0 a 0, as atletas deveriam ter iniciado o desempate na posição de clinch, em que as rivais seguram a perna uma da outra. No entanto, a cronometragem teve problemas e a norte-americana lutou como se o tempo não tivesse terminado, enquanto a brasileira esperava pelo clinch.

Segundo Roberto Leitão, chefe de equipe do time brasileiro de luta, os juízes usaram as regras da luta greco-romana e não colocaram as lutadoras na posição de desempate. “A americana percebeu o erro mais rápido do que a Joice. Ela estava de bobeira, esperando os juízes”.

Os brasileiros fizeram o protesto, mas a arbitragem seguiu o combate. Maroulis venceu o round seguinte e garantiu a primeira versão da luta. Leitão e o presidente da Confederação Brasileira, Pedro Gama Filho, foram então à mesa dos juízes. Após muita conversa, e a concordância dos EUA, a organização decidiu fazer um replay do desempate do primeiro round.

A brasileira venceu o desempate. Com isso, a luta ficou empatada em 1 a 1 e foi para o terceiro assalto. Nele, a norte-americana venceu.  “Sabíamos que, após o fim da luta, ela não volta. Reclamamos antes do final, mas a luta só voltou porque os americanos concordaram. A gente já tinha um caso semelhante com eles em 2006, no Campeonato Pan-Americano do Rio. O Antoine (Jaoude) venceu por WO, eles alegaram que o problema foi da organização e concordamos em lutar novamente. O Antoine perdeu o ouro da competição por causa daquela derrota”, lembra Leitão.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros