UOL Pan 2011 Primeira brasileira a perder no Pan lamenta "falta de sorte" - 15/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/15/primeira-brasileira-a-perder-lamenta-falta-de-sorte.htm
  • Primeira brasileira a perder no Pan lamenta "falta de sorte"
  • 27/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Fabiana da Silva observa peteca durante partida contra a canadense Michelle Li

Fabiana da Silva observa peteca durante partida contra a canadense Michelle Li

15/10/2011 - 13h30

Primeira brasileira a perder no Pan lamenta "falta de sorte"

Mauricio Stycer
Em Guadalajara (México)

O Brasil sentiu o gosto amargo da derrota pela primeira vez nestes Jogos Pan-Americanos por volta das 10h (12h em Brasília), na quadra 2 do torneio de badminton. A niteroiense Fabiana da Silva foi surrada pela canadense Michelle Li em menos de 20 minutos por 2 a 0 (21-10; 21-14). A participação da jogadora, porém, ainda não terminou: ela vai disputar o torneio de duplas.

“Não tive sorte no sorteio das chaves”, contou Fabiana ao repórter do UOL Esporte, único representante da tropa brasileira no Pan que testemunhou a sua derrota. “Ela é a cabeça-de-chave número um do torneio e está entre as 30 melhores do mundo”, disse sobre a canadense Li.

Outros resultados

  • Omar Torres/AFP Photo

    O Brasil encerrou agora há pouco sua participação no badminton deste sábado, com bons resultados em provas individuais e eliminações em duplas. No individual feminino, Lohaynny Vicente avançou às oitavas de final com duas vitórias. No masculino, uma vitória foi suficiente para que Daniel Paiola e Alex Tjong também se classificassem para a próxima fase, mas Luiz dos Santos caiu na estreia e ficou pelo caminho. Nas provas de duplas nenhum time verde-amarelo avançou. Fabiana da Silva/Daniel Paiola e Hugo Arthuso/Mariana Eliezer perderam nas duplas mistas e Fabiana e Mariana perderam nas parcerias femininas.

Com 1,53 m, Fabiana sofreu diante de uma jogadora muito mais alta e forte. “Sabia que ia ser difícil. Mas estou feliz com o jogo que fiz”, disse a atleta do Clube Paulistano, de São Paulo.

Minutos antes, outra brasileira, Lohanny Vicente, superou numa partida duríssima a dominicana Veronica Vivieca por 2 a 1 (21-14; 19-21; 26-24). Um pouco fora de forma, Lolô, como é conhecida, salvou dois match-points, antes de fechar o jogo.

Quando a partida de Lohanny começou, na quadra central, pouco mais de 20 pessoas ocupavam o ginásio Revolucion. Na torcida pela brasileira, a mãe de outra jogadora gritava sem parar: “Vai, Lolô!”. “Paciência, Lolô”.

“Um tênis com peteca e as regras do vôlei”. Essa seria a forma mais didática de explicar o badminton segundo Luana Vicente, irmã de Lohanny e também atleta da equipe brasileira. Ambas jogam no clube Miratus, em Jacarepaguá.

De fato, o badminton é um esporte com regras bem simples, mas mobiliza um pequeno exército em quadra. Além dos jogadores, há um juiz principal, um auxiliar e oito árbitros de linha.  

O primeiro petequeiro a ser eliminado do torneio foi Andre Padmore, de Barbados. Sua participação no Pan durou cerca de 15 minutos, tempo para Mitchel Wongsodikrome liquidar o jogo por 2 a 0 (21-8; 21-10). “Já joguei algumas vezes com ele e sempre perco”, lamentou-se Padmore ao repórter do UOL Esporte. “O jogo dele é muito rápido. Não deu”.

Para sorte do jogador, nem dez pessoas testemunharam sua passagem-relâmpago pelo torneio de simples. O jogo, na quadra central, começou pontualmente às 9h. Às 9h20 já não havia traços nem dos jogadores nem dos árbitros no local.

Ainda pela manhã, o brasileiro Daniel Paiola, em que a equipe deposita mais esperanças, venceu o venezuelano Luis Camacho, sem maiores dificuldades, por 2 a 0 (21-14; 21-9).

O torneio de badminton prossegue até o dia 20, com disputas em simples, duplas e duplas mistas. O Brasil trouxe oito jogadores, quatro homens e quatro mulheres, para o Pan. O país tem uma medalha de bronze na modalidade, vencida no Pan 2007, em dupla masculina.

 

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros