UOL Pan 2011 México encerra "melhor Pan da história" com clima ufanista para sediar Olimpíada - 31/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/31/mexico-encerra-melhor-pan-da-historia-com-clima-ufanista-para-sediar-olimpiada.htm
  • México encerra "melhor Pan da história" com clima ufanista para sediar Olimpíada
  • 22/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Dançarino realiza performance durante a festa de encerramento do Pan de Guadalajara

Dançarino realiza performance durante a festa de encerramento do Pan de Guadalajara

31/10/2011 - 07h04

México encerra "melhor Pan da história" com clima ufanista para sediar Olimpíada

Roberta Nomura
Em Guadalajara (México)

O presidente da Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), o mexicano Mario Vázquez Raña, falou que o Pan de Guadalajara não seria o melhor da história poucos dias antes do início dos Jogos. Mas o cartola parece ter mudado de ideia. Na cerimônia de encerramento, voltou atrás e reproduziu o discurso clichê e comum após o fim de competições. O Estádio Omnilife foi, então, tomado por um clima ufanista e propício para o sonho mexicano de sediar a Olimpíada pela segunda vez.

O país foi sede da Olimpíada em 1968, na Cidade do México. E existe em Guadalajara o movimento para que a cidade se candidate aos Jogos de 2024.

O Pan de Guadalajara foi oficialmente encerrado às 20h50 (0h50 desta quarta, no horário de Brasília). Pouco antes do fim, o governador de Jalisco, Emílio González, fez discurso seguidas vezes interrompido pelo forte aplauso do empolgado público mexicano. “Falta uma medalha por entregar. Obrigado Jalisco por fazer o Pan a grande festa das Américas. Essa é uma medalha de ouro. É para Jalisco, é para o México. Porque fazendo as coisas certas, agora vamos para as Olimpíadas”, disse o mandatário.

A simples menção ao presidente  Felipe Calderón também era suficiente para arrancar gritos e manifestações positivas na arquibancada – em ação que contrasta com as vaias recebidas por Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil na época do Pan do Rio-2007. Mario Vásquez Raña falou depois do governador de Jalisco. O presidente da Odepa fez um discurso um pouco mais longo e cansativo.

Em suas palavras, deixou para trás uma declaração feita na inauguração da Vila Pan-Americana, no último dia 5. “Há muito que digo isso, porque para poder organizar o melhor Pan da história seria preciso superar o Brasil, e não o superamos na organização”, declarou na época. E problemas na residência dos atletas e a inauguração tardia marcaram o Pan de Guadalajara.

Mas no discurso de encerramento, Raña deixou para trás os problemas estruturais e disparou: “Parabéns por fazer o melhor Pan-Americano da história”. As palavras foram recebidas com forte aplauso. Um dos mais entusiasmados da noite. Mais até do que shows e apresentações musicais. Só perdeu mesmo para a entrada dos atletas e para o hino mexicano.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros