UOL Pan 2011 Ex-lixeiro leva hino brasileiro ao encerramento do Pan em festa com Ricky Martin e molecagem - 31/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/31/ex-catador-leva-hino-brasileiro-ao-encerramento-do-pan-em-festa-com-ricky-martin-e-molecagem.htm
  • Ex-lixeiro leva hino brasileiro ao encerramento do Pan em festa com Ricky Martin e molecagem
  • 22/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Atletas brasileiros fazem festa durante encerramento do Pan-Americano de Guadalajara

Atletas brasileiros fazem festa durante encerramento do Pan-Americano de Guadalajara

31/10/2011 - 02h10

Ex-lixeiro leva hino brasileiro ao encerramento do Pan em festa com Ricky Martin e molecagem

Roberta Nomura
Em Guadalajara (México)

Os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara foram oficialmente finalizados às 0h50 (horário de Brasília) desta segunda-feira. Na cerimônia de encerramento, o Brasil teve presença forte graças a Solonei Rocha. O ex-catador de lixo venceu a maratona, recebeu o ouro e levou o hino nacional ao lotado Estádio Omnilife. A festa para fechar o torneio das Américas teve ainda molecagem verde-amarela e show do porto-riquenho Ricky Martin.

Os portões do Estádio Omnilife foram abertos às 17h e o público começou a encher as arquibancadas aos poucos. Os animados e barulhentos mexicanos acompanharam um grupo de dança e a performance dos três mascotes: Gavo (azul), Leo (amarelo) e Hiuchi (rosa). Cerca de 30 minutos antes do início oficial da cerimônia de encerramento, os mexicanos assistiram nos dois telões imagens marcantes do Pan de Guadalajara. Os ouros brasileiros estavam lá, com destaque para os nadadores Cesar Cielo e Thiago Pereira que apareceram por mais de uma vez.

Um resumão curto de imagens foi mostrado por dia de competição. E logo após o hino mexicano, os países participantes foram representados por suas bandeiras. O ginasta Diego Hypolito foi o porta-bandeira da vez – no início dos Jogos foi o mesatenista Hugo Hoyama. A partir daí a formalidade da abertura foi deixada de lado, como habitualmente ocorre nos encerramentos.

Alguns brasileiros correram para serem os primeiros a entrar no estádio e ficaram distantes do restante da delegação. Os representantes verde-amarelos, aliás, eram os mais empolgados. Eles brincaram com os cilindros infláveis e bateram uns nos outros. Um atleta saiu correndo em uma área cercada por voluntários, que tentaram fazer o brasileiro voltar para seu lugar em vão. Teve aviãozinho e corrida antes de retornar de forma espontânea para a cadeira.

Com todos devidamente sentados, o governador de Jalisco, Emílio González, reforçou o desejo de levar a Olimpíada para o México. “Falta uma medalha por entregar. Obrigado Jalisco por fazer o Pan a grande festa das américas. Essa é uma medalha de ouro. É para Jalisco, é para o México. Porque fazendo as coisas certas, agora vamos para as Olimpíadas”.

Depois, foi a vez do presidente da Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), Mario Vázquez Raña, discursar. “Agradeço ao povo de Guadalajara por sua amabilidade, educação e hospitalidade. São os melhores anfitriões”, disse em um pronuciamento um pouco longo. Em seguida, o dirigente encerrou oficialmente o Pan de Guadalajara, às 20h50 (local – e 0h50 de Brasília). O bastão, então foi passado ao Canadá, que receberão os próximos Jogos em Toronto-2015.

A partir daí, foi só festa. O grupo mexicano Camila, a norte-americana Colbie Marie Cailat e o conjunto jamaicano The Wailers agitaram atletas e espectadores. Mas foram os shows do argentino Diego Torres e do porto-riquenho Ricky Martin que levantaram o Omnilife pela última vez nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros