UOL Pan 2011 Brasil tem dia de perrengue, mas garante o terceiro lugar no Pan de Guadalajara - 30/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/30/brasil-tem-dia-de-perrengue-mas-garante-o-terceiro-lugar-no-pan-de-guadalajara.htm
  • Brasil tem dia de perrengue, mas garante o terceiro lugar no Pan de Guadalajara
  • 25/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Felipe Kitadai sofreu com problemas intestinais durante sua luta de semi do judô

Felipe Kitadai sofreu com problemas intestinais durante sua luta de semi do judô

30/10/2011 - 02h05

Brasil tem dia de perrengue, mas garante o terceiro lugar no Pan de Guadalajara

Lello Lopes
Em Guadalajara (México)

O Brasil passou perrengue no penúltimo dia dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. De problemas gastrointestinais a dificuldades contra adversários, os atletas que competiram neste sábado no México sofreram. Mesmo assim, a delegação brasileira garantiu a terceira posição no quadro geral de medalhas da competição.

Brasileiros no décimo quinto dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no décimo quinto dia do Pan de Guadalajara

O país terminou o dia com 47 medalhas de ouro, contra 42 do México. Neste domingo, no último dia de competições, apenas três medalhas serão distribuídas (maratona masculina, basquete masculino e rúgbi).

A situação mais inusitada do dia aconteceu com o judoca Felipe Kitadai. Na luta contra o norte-americano Aaron Kunihiro, válida pelas semifinais da categoria até 60 kg, ele acabou exagerando na força e “borrou” as calças.

O judoca, é claro, foi alvo de brincadeira dos companheiros. Mas levou a situação numa boa. "Isso não é muito importante, não? Foi um sinal de que estou focado", disse. E estava mesmo. Mais tarde ele não se importou com o barulho da torcida e derrotou o mexicano Nabor Castillo por ippon.

Perto dali, no hipismo, quem sofreu foi a equipe brasileira. Rodrigo Pessoa já havia desistido de tentar uma inédita medalha individual nos saltos por causa da lesão de sua égua, HH Ashley. Neste sábado, foi a vez de Doda Miranda abandonar a competição.  O motivo: poupar seu cavalo AD Norson, já que não tinha mais chance de medalhas.

Os cavaleiros criticam o piso do Guadalajara Country Club. "Não é bom mesmo. É muito duro. A égua do Rodrigo se machucou no piso e o cavalo de um canadense também", falou Doda Miranda.

No boxe, o perrengue não foi culpa da organização do Pan, e sim da qualidade dos rivais. Robson da Conceição e Yamaguchi Florentino enfrentaram lutadores cubanos nas finais das categorias até 60 kg e até 81 kg, respectivamente. Ambos ficaram com a prata.

O vôlei também passou perrengue contra Cuba. O tradicional rival fez mais um jogo tenso contra os brasileiros. Mas o time nacional acabou levando a melhor e faturou o bicampeonato pan-americano. O resultado garantiu o terceiro lugar do Brasil no quadro geral de medalhas do Pan de Guadalajara, atrás apenas de Estados Unidos e Cuba.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros