UOL Pan 2011 Fabiana Murer culpa 2h30 de espera e mudança do vento após ganhar só a prata - 24/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/24/fabiana-murer-culpa-2h30-de-espera-e-mudanca-do-vento-apos-ganhar-so-a-prata.htm
  • Fabiana Murer culpa 2h30 de espera e mudança do vento após ganhar só a prata
  • 15/12/2018
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Murer lamenta erro na prova do salto com vara, em que falhou em defender seu título

Murer lamenta erro na prova do salto com vara, em que falhou em defender seu título

24/10/2011 - 23h37

Fabiana Murer culpa 2h30 de espera e mudança do vento após ganhar só a prata

Alexandre Sinato
Em Guadalajara (México)

A medalha de prata que muitos brasileiros comemorariam com euforia teve gosto amargo para Fabiana Murer. A atual campeã mundial saiu do estádio Telmex chateada, mas já digerindo a frustração. E citou algumas dificuldades que enfrentou justamente por ser favorita na competição. Segundo ela, as 2h30 de espera e as mudanças das condições da prova que aconteceram no período custaram caro.

Por ter uma marca muito superior em relação às rivais desta segunda, Fabiana só tentou o primeiro salto com o sarrafo a 4,50m de altura. Isso aconteceu às 22h (de Brasília), 2h30 depois do início da competição, marcado por saltos de 3,40m.

Ela se aqueceu com as demais e depois se tornou uma mera espectadora. “O máximo que já tinha esperado foram duas horas. O problema é que, no aquecimento, o vento estava muito forte e quando fui saltar a primeira vez estava diferente. Demorei para consertar tudo e acertar o poste.”
 

Resultado: nos 4,50m e nos 4,60m, Fabiana precisou de três tentativas. Além do desgaste emocional, sofreu com o aspecto físico de tantos saltos para superar marcas fáceis para ela. De acordo com ela, o cansaço foi ainda maior por se tratar de final de temporada e por estar fora de forma. “Acabei cansando para os últimos saltos.”

 

Mesmo assim, a brasileira admitiu um certo grau de surpresa com o desempenho da cubana. Yarisley Silva conquistou o ouro com um salto de 4,75m, o melhor de sua vida. Antes disso, ela havia superado a casa dos 4,50m apenas uma vez ao fazer 4,70m no Mundial de Daegu vencido por Fabiana Murer. Na oportunidade, a brasileira superou um sarrafo a 4,85m do chão.

“Achei que com 4,70m poderia ganhar o ouro. Era a marca que minha forma física permitia neste fim de temporada, dois meses depois do meu auge, que foi no Mundial”, argumentou a brasileira. “Mas a cubana fez a melhor marca de sua carreira, saltou muito bem e mereceu a vitória. Agora é descansar um mês para depois voltar a treinar para Londres-2012”, completou Murer.

Brasileiros no décimo dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no décimo dia do Pan de Guadalajara

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros