UOL Pan 2011 Com neto de João Saldanha e Bimba, vela brasileira fecha o Pan com cinco ouros - 23/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/23/com-neto-de-joao-saldanha-e-bimba-vela-brasileira-fecha-o-pan-com-cinco-ouros.htm
  • Com neto de João Saldanha e Bimba, vela brasileira fecha o Pan com cinco ouros
  • 27/11/2020
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Alexandre Saldanha (à direira) comemora com a equipe brasileira o ouro na classe J24

Alexandre Saldanha (à direira) comemora com a equipe brasileira o ouro na classe J24

23/10/2011 - 19h32

Com neto de João Saldanha e Bimba, vela brasileira fecha o Pan com cinco ouros

Alexandre Sinato
Em Puerto Vallarta (México)

O domingo coroou um grande desempenho da vela brasileira no Pan do México, superior até mesmo ao visto no Rio-2007 (três ouros, duas pratas e dois bronzes). Com três vitórias nesta tarde (noite no horário de Brasília), a equipe obteve cinco ouros, uma prata e um bronze, totalizando sete pódios de nove possíveis. Os campeões pan-americanos do dia foram a J-24, que conta com Alexandre Saldanha, neto de João Saldanha, o agora tricampeão Ricardo Winicki, o Bimba, e a dupla da classe Snipe, formada por Gabriel Borges, o Coveiro, e Alexandre Tinoco.

No sábado, Patrícia Freitas havia garantido a vitória na classe RS-X feminina, enquanto Matheus Dellagnello comemorou também com antecipação o ouro na classe Sunfish. Mesmo sem precisar, Patricia e Matheus venceram novamente a última regata, neste domingo, para consolidar o bom desempenho no México.

O primeiro ouro do domingo veio por meio do neto de João Saldanha, jornalista e treinador da seleção brasileira de futebol na década de 60, também no México. Alexandre Saldanha compôs o barco vencedor ao lado de Maurício Santa Cruz, Guilherme Hamelmann e Daniel Santiago.

“Sempre fui uma negação no futebol. Meu avô nunca me incentivou a jogar. Ele também nunca me levou ao Maracanã com ele na tribuna de imprensa. No entanto, ele sempre me apoiou na vela e dizia que praticar esporte era muito importante”, relembra o medalhista pan-americano.

BRASIL LEVA OURO EM CINCO CLASSES

  • Alexandre Sinato/UOL

    Gabriel Borges, o Coveiro, e Alexandre Tinoco comemoram com a bandeira brasileira após o ouro na classe Snipe dos Jogos Pan-Americanos

Depois foi a vez de Bimba vencer a disputa para encerrar um longo jejum sem pódios - ele conquistou o Sul-Americano, mas não considera como uma disputa de alto nível - para igualar Robert Scheidt com três medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos.

"Estava há um tempo sem subir no pódio. Tive problemas com o equipamento, mas estou de volta. Queria esse ouro para igualar o Scheidt, que é um cara que admiro muito e tem três ouros. Tive problemas com o equipamento, os europeus estão investindo muito e meu fabricante teve problemas para desenvolver. Acabei investindo muito graças à ajuda dos meus patrocinadores", afirmou Bimba após o ouro. 

A última classe disputada foi a Snipe, em que os brasileiros Gabriel Borges e Alexandre Amaral largaram tendo a segunda colocação na classificação geral, mas conseguiram superar os Estados Unidos chegando à frente da equipe rival na regata de medalha para garantir o ouro enquanto os norte-americanos levaram a prata e o bronze ficou com o Uruguai.

Além das medalhas de ouro, os velejadores brasileiros conseguiram a prata na Hobie 16 com a dupla formada por Bernardo Arndt e Bruno Oliveira, enquanto a classe Lightning rendeu uma medalha de bronze com o trio formado por Gunnar Ficker, Marcelo da Silva e Claudio Biekarck.

CONFIRA TODAS AS MEDALHAS DA VELA NOS JOGOS PAN-AMERICANOS

Classe Ouro Prata Bronze
Hobie 16 Enrique Figueroa e
Victor Aporte (PUR)
Bernardo Arndt e Bruno Oliveira (BRA) Jason Hess e Jose Hernandez (GUA)
J24 Maurício Oliveira, Alexandre Saldanha, Guilherme Hamelmann e Daniel Santiago (BRA) John Arthur Mollicone, George Paul Abdullah III, Geoffrey Dylan Becker e Daniel Rabin (EUA) Matias Clemente Seguel, Cristobal Jose Grez, Marc Alex Jux e Juan Lira (CHI)
Laser Julio Alsogaray (ARG) Matias Del Solar (CHI) Juan Maegli (GUA)
Laser Radial Cecilia Saroli (ARG) Tania Calles (MEX) Paige Railey (EUA)
Lightning Alberto Gonzalez, Diego Gonzalez e Cristian Marcos Herman (CHI) Jody Lutz, Derek Gauger e Jay Wesley Lutz (EUA) Claudio Biekarck, Marcelo Silva e Gunnar Ficker (BRA)
RS-X feminino Patrícia Freitas (BRA) Demita Vega (MEX) Farrah Lin Hall (EUA)
RS-X masculino Ricardo Winicki "Bimba" (BRA) Mariano Reutemann (ARG) David Maurício Mier y Teran (MEX)
Snipe Alexandre Amaral e Gabriel Borges (BRA) Agustin Diaz e Kathleen Tocke (EUA) Pablo Defazio e Manfredo Finck (URU)
Sunfish Matheus Dellagnello (BRA) Paul Foerster (EUA) Francisco Renna (ARG)

 

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros