UOL Pan 2011 Thiago Pereira vence até sem nadar e bate marca de Hoyama; Cielo fecha Pan com 100% - 21/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/21/thiago-pereira-vence-ate-sem-nadar-e-supera-hoyama-cielo-fecha-pan-com-100.htm
  • Thiago Pereira vence até sem nadar e bate marca de Hoyama; Cielo fecha Pan com 100%
  • 26/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Thiago Pereira ganhou o ouro nos 200 m costas, com o tempo de 1min57s17

Thiago Pereira ganhou o ouro nos 200 m costas, com o tempo de 1min57s17

21/10/2011 - 22h20

Thiago Pereira vence até sem nadar e bate marca de Hoyama; Cielo fecha Pan com 100%

Roberta Nomura
Em Guadalajara (México)

Thiago Pereira já poderia estar dois ouros à frente de Hugo Hoyama, mas uma prata no revezamento 4x200 m livre e um bronze nos 200 m peito mantiveram a disputa na mesma. O desempate no clássico ocorreu somente no último dia de disputas da natação em Guadalajara, nesta sexta-feira. O nadador corintiano venceu a complicada final dos 200 m costas e  faturou o ouro do revezamento 4x100 m medley sem nadar - e com a ajuda de Cielo, com quatro ouros no México. Com isso, chegou a 12 ouros em Pans e superou o mesatenista palmeirense. Agora, desfruta sozinho do status de maior vencedor brasileiro da história do torneio.

Em seu último título, Thiago não precisou nem ir para a piscina. Ele nadou as eliminatórias e já garantiu sua medalha. O quarteto brasileiro contou com Cesar Cielo fechando a prova, com seu quarto ouro na competição - dois individuais e dois no revezamento - e ostentando 100% de aproveitando em títulos no México.

Nos 200 m costas, prova árdua, Thiago Pereira dominou e, apesar de ser pressionado no final, fechou os 200 m com 1min57s17, batendo em cerca de um segundo o recorde pan-americano. A prata foi do colombiano Omar Pinzon (1m58s31), e o bronze do norte-americano Ryan Murphy (1m58s50). Leonardo de Deus foi quinto.

"Graças a Deus acabou e consegui fechar com chave de ouro na útima prova", comemorou Thiago, à Record. "Finalmente, estou muito feliz com este resultado. Volto com missão cumprida, mas bem cansado."

O desempate demorou a acontecer. Primeiro, Thiago Pereira teve a chance de igualar a disputa pessoal com Hugo Hoyama, mas acabou com o bronze nos 200 m peito. A igualdade de dez ouros veio na prova preferida do nadador fluminense, os 200 m medley. No mesmo dia, ele poderia ter superado o mesatenistas, mas o revezamento 4x200 m livre ficou com a prata.

OS 12 OUROS DE THIAGO PEREIRA

PAN-2007
PAN-2011
200 m medley
200 m medley
400 m medley
400 m medley
200 m costas
100 m costas
200 m peito
4x100 m livre
4x100 m livre
200 m costas
4x200 m livre
4x100m medley

O recorde finalmente chegou na difícil final dos 200 m costas. Os finalistas Thiago Pereira e Leonardo de Deus apontaram cinco candidatos à medalha. Mas o nadador do Corinthians conseguiu superar todos para chegar ao 11º ouro em três participações em Pans.

O revezamento

Se Thiago Pereira nadou as eliminatórias pela manhã, ele pôde ceder o posto a Guilherme Guido à noite. Ele abriu o revezamento duelando bem com os Estados Unidos e passou o bastão a Felipe França, que perdeu espaço, mas ultrapassou seu rival nos fim. Gabriel Mangabeira e Cesar Cielo mostraram superioridade para fechar na frente.

"Foi melhor do que esperava. Agora quero entrar de férias tranquilo e muito satisfeito", afirmou Cielo, após o quarto ouro. "Queria mandar uma mensagem para os meus adversários, e será difícil os rivais me baterem ano que vem nas Olimpíadas."

O tempo brasileiro foi de 3min34s58, contra 3min37s17 dos Estados Unidos e 3min44s51 da Argentina.

A natação brasileira fecha sua participação sendo responsável por dez dos 17 ouros conquistados pelo Brasil em sete dias de Pan. Além disso, foram oito pratas e seis bronzes em Guadalajara.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros