UOL Pan 2011 Seleção feminina evita paquera com parceiros do futebol: 'são comprometidos' - 19/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/19/selecao-feminina-evita-paquera-com-parceiros-do-futebol-sao-comprometidos.htm
  • Seleção feminina evita paquera com parceiros do futebol: 'são comprometidos'
  • 16/06/2019
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
19/10/2011 - 14h21

Seleção feminina evita paquera com parceiros do futebol: 'são comprometidos'

Alexandre Sinato
Em Guadalajara (México)
  • Thais Guedes tenta passar pela marcação da argentina Gabriela Barrios na estreia do Brasil

    Thais Guedes tenta passar pela marcação da argentina Gabriela Barrios na estreia do Brasil

As seleções de futebol do Brasil que estão no Pan são próximas, mas não deixam a amizade virar namoro. É o que garante a jovem Thais Guedes, autora do primeiro gol da vitória por 2 a 0 sobre a Argentina na última terça-feira. A atacante de 18 anos diz gostar dos parceiros do masculino. No entanto, o flerte está “proibido”.

“Com os garotos da seleção existe uma parceria grande, são amigos e vieram assistir ao nosso jogo, mas não rola paquera, até porque todos eles são comprometidos”, contou Thaisinha, uma das novatas da seleção principal, depois de um sorriso tímido.

Se a equipe feminina está mesclada entre garotas e jogadoras mais experientes, a masculina é composta apenas por jovens. Os mais velhos participaram da conquista do Mundial sub-20 neste ano sob o comando de Ney Franco, também na direção da equipe no Pan de Guadalajara.

Tantos jovens reunidos na Vila Pan-Americana durante toda a competição compõem o cenário perfeito para uma aproximação, mas a seleção feminina adota certos cuidados para que isso não atrapalhe a preparação em busca do tricampeonato. Além de estabelecer um toque de recolher, a seleção também não deixa ninguém se desgarrar.

“Desde o Brasil a gente conversou bastante principalmente com as mais jovens. Festejar, curtir e passear só depois de ganhar o ouro. A gente tenta fazer tudo em grupo para que ninguém se separe e todas fiquem juntas”, contou Tânia Maranhão, a experiente capitã de 37 anos.

Mesmo assim, as meninas do futebol aproveitam a Vila Pan-Americana para conhecer representantes de outros esportes. “A gente conversa bastante com atletas de outras modalidades e troca experiências, é bacana”, disse Thais.

A seleção feminina, inclusive, fez uma corrente por Jaqueline, do vôlei, depois da lesão cervical sofrida pela compatriota. “Teve o caso da Jaqueline, do vôlei, e nós do futebol nos unimos para mandar uma força para ela. A gente combinou que se alguém encontrasse uma jogadora do vôlei era para mandar nosso apoio e toda nossa força, já que não tivemos contato com ela”, completou a atacante.

Brasileiros no quinto dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no quinto dia do Pan de Guadalajara

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros