UOL Pan 2011 Beltrame pode ter de engordar 5 kg por Londres, mas diz não ter chance de medalha - 19/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/19/beltrame-pode-ter-de-engordar-5kg-por-londres-mas-avisa-sem-chance-de-medalha.htm
  • Beltrame pode ter de engordar 5 kg por Londres, mas diz não ter chance de medalha
  • 23/09/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
19/10/2011 - 14h34

Beltrame pode ter de engordar 5 kg por Londres, mas diz não ter chance de medalha

Gustavo Franceschini
Ciudad Guzmán (MEX)

Fabiana Beltrame, campeã mundial, não vai brigar por medalha nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. A avaliação é dela mesma. Depois da prata desta quarta, no Pan de Guadalajara, a atleta do Flamengo foi dura ao avaliar suas chances na competição do ano que vem, quando poderá ter de engordar pelo menos 5 kg para poder competir.

“Eu sou bem realista. Não tenho chance de medalha em Londres, porque  está muito perto. Não gosto de criar falsas expectativas. Mas acho que para 2016 vamos ter tempo de nos preparar com uma dupla para brigar por medalha e pódio”, disse Fabiana Beltrame.

O problema é a prova na qual Fabiana é especialista. A remadora foi campeã mundial na Eslovênia no single skiff leve, que aceita atleta com até 59 kg. A brasileira está no limite de peso desde que mudou para esta prova, no ano passado. Só que a modalidade não está no programa olímpico.

Para ir a Londres Fabiana Beltrame precisa arrumar uma parceira para o double-skiff ou engordar para voltar ao pesado. Segundo ela, o peso ideal para uma atleta desta prova está entre 68kg e 70kg, o que ela não alcançaria.

“Só chegaria aí se comesse muito e engordasse, né?”, avaliou Fabiana, aos risos, que disse que pode chegar aos 63 kg se optar pela mudança de categoria. Para apostar no double-skiff, ela precisa encontrar uma parceira com um tempo parecido com o dela.

“Vamos fazer uma seletiva nacional nos próximos meses justamente para avaliar isso. Se tiver uma menina com essas condições, podemos apostar na dupla e começar a pensar em 2016”, concluiu a atleta. 
 

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros