UOL Pan 2011 Mexicano não perdoa lesão do irmão gêmeo e vence duelo familiar no squash - 17/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/17/mexicano-nao-perdoa-lesao-do-irmao-gemeo-e-vence-duelo-familiar-no-squash.htm
  • Mexicano não perdoa lesão do irmão gêmeo e vence duelo familiar no squash
  • 19/06/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
17/10/2011 - 13h54

Mexicano não perdoa lesão do irmão gêmeo e vence duelo familiar no squash

Alexandre Sinato
Em Guadalajara (México)
  • Cesar Salazar dá entrevista após vencer o irmão gêmeo Arturo na semifinal do squash no Pan

    Cesar Salazar dá entrevista após vencer o irmão gêmeo Arturo na semifinal do squash no Pan

Irmãos irmãos, negócios à parte. Não fossem as camisetas diferentes, seria muito difícil distinguir os dois mexicanos que disputaram a semifinal de squash nesta segunda-feira, no Pan de Guadalajara. Os gêmeos Cesar e Arturo garantiram duas medalhas para a família Salazar e dividiram a torcida mexicana num jogo vencido facilmente por Cesar.

“Geralmente o Arturo ganha de mim. Em umas dez partidas, ele venceu sete e eu três. Mas hoje ele sentiu uma lesão pela sobrecarga de jogos e eu me aproveitei disso para vencer”, comemorou César depois do triunfo por 3 games a 0, parciais de 11-2, 11-8 e 11-2.

César foi o único a dar entrevistas depois da semifinal. Praticamente todas as perguntas foram sobre o duelo com o irmão. “Somos amigos fora da quadra, mas lá dentro ninguém quer perder. Hoje ele sentiu o problema no tornozelo e ficou mais fácil”, admitiu.

Até pelo problema, Arturo foi quem recebeu mais atenção da comissão técnica, comandada, inclusive, pelo pai da dupla, Arturo Salazar Rodriguez. Nos dois intervalos, Arturo se dirigiu para o lado do pai, enquanto Cesar sentou-se sozinho do lado oposto.

Durante a partida, eles mal se falaram. Cesar apenas perguntou se Arturo estava com muitas dores. A partir do segundo game, Arturo não se esforçou nos lances mais difíceis, até porque a segunda-feira é de jornada dupla, já que ele disputará a final de duplas contra os Estados Unidos.

“A família toda ficou feliz. Fazia um ano e meio que a gente não se enfrentava em uma competição para valer. Treinamos sempre juntos, mas não é sempre que jogamos em grandes eventos”, comentou César, que disputará a final individual na noite desta segunda.

O esporte mexicano está acostumado à experiência de irmãos vencedores com o sobrenome Salazar. Oscar e Iridia, do taekwondo, foram medalhistas nas Olimpíadas de Atenas, em 2004. Ele levou a prata e ela, o bronze. Oscar ainda foi ouro no Pan de 1999, enquanto ela venceu o Pan do Rio de Janeiro, em 2007.

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros