UOL Pan 2011 Brasil é campeão no tênis de mesa e Hoyama aumenta recorde de ouros - 17/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/17/brasil-e-campeao-no-tenis-de-mesa-e-hoyama-aumenta-recorde-de-ouros.htm
  • Brasil é campeão no tênis de mesa e Hoyama aumenta recorde de ouros
  • 13/05/2021
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Hugo Hoyama comemora após vencer argentino e Brasil conquistar o ouro por equipes

Hugo Hoyama comemora após vencer argentino e Brasil conquistar o ouro por equipes

17/10/2011 - 17h21

Brasil é campeão no tênis de mesa e Hoyama aumenta recorde de ouros

Bruno Doro
Em Guadalajara (México)

O recorde de medalhas de ouro de um brasileiro nos Jogos Pan-Americanos mudou nesta segunda-feira – mas o dono continua o mesmo. O Brasil venceu a Argentina na final masculina do tênis de mesa em Guadalajara-2011 e Hugo Hoyama chegou a 10 medalhas de ouro em sete edições diferentes dos Jogos.

TÍTULO COM CUECA DO PALMEIRAS

  • Flavio Florido/UOL

     

    O Palmeiras dos campos pode não estão muito bem. Mas nas mesas de tênis de mesa, quanta diferença... Hoyama chegou a dez medalhas de ouro com uma cueca do time do coração ? mesmo com as brincadeiras dos colegas. ?Tiram muito sarro de mim, mas eu estou aguentando. Porque uma hora ou outra, o Palmeiras vai ganhar?, diz Hugo.

    Quanto às cuecas, foi uma repetição do que ele já tinha feito em 2007. No Pan do Rio, ele também jogou com roupas de baixo verde e branco. ?Mas não é a mesma. Não sou louco de usar a mesma cueca de quatro anos?, conta. Ele trouxe para o México dez cuecas novas, cinco verdes, cinco brancas.

     

Com isso, Hoyama ganha um respiro na disputa pessoal com Thiago Pereira. Desde o início do Pan, o mesa-tenista paulista sabe que deve perder o recorde para o nadador. No domingo, Pereira chegou a oito medalhas de ouro em três Pans. Ele, porém, ainda tem seis chances de subir ao lugar mais alto do pódio. Hoyama, só uma, no individual.

Na decisão, a rival foi a argentina e o temido Liu Song. O bicho-papão, porém, não foi dos mais feios. No primeiro jogo, Gustavo Tsuboi fez 3 a 0 (11-8, 12-10 e 11-8) e deu o ritmo para o restante do duelo. No segundo jogo, Thiago Monteiro teve dificuldades contra Pablo Tabachnik no primeiro set, mas venceu por 3 a 1 (8-11, 11-6, 11-8 e 11-6).

Nas duplas, veio a derrota. Mesmo sem vencer no individual, ao lado de Gaston Alto o chinês Liu Song foi bem. A Argentina dominou o jogo e venceu Thiago e Hugo por 3 a 1 (11-5, 10-12, 11-9 e 11-8).

No quarto confronto, Hugo Hoyama fez o que precisava para garantir seu primeiro ouro nesta edição do Pan. Venceu Pablo Tabachnik por 3 sets a 1 e faturou o sexto ouro do Brasil na competição em Guadalajara. Após o último ponto, o mesa-tenista saiu correndo para comemorar o título com os companheiros.

"Tive que virar os sets algumas vezes no último jogo e isso psicologicamente é muito difícil. Mas em nenhum momento eu pensei que fosse perder. Sempre achei que ganharia o jogo", comemorou Hugo Hoyama.

"Estou muito feliz pelo Hugo ter conseguido essa medalha. Quando cheguei na seleção, ele já estava lá. É muito bom nós termos conquistado isso", afirmou Thiago Monteiro, após a medalha de ouro do país.

"SABIA QUE SE COLOCASSE 3 BOLAS NA MESA, EU IRIA VENCER"

  • Flavio Florido/UOL

     

    Você saiu correndo após a vitória, comemorando muito. Foi uma conquista especial?

    É um sentimento de dever cumprido. É o resultado de tudo o que treinamos e fizemos. É um sonho realizado. Quero agradecer principalmente ao Gustavo e ao Thiago. Sem eles e a boa forma deles isso não seria possível. Principalmente a boa fase do Gustavo. Ele foi muito firme e decisivo nos momentos finais. Conseguiu fazer a diferença.

    Ontem você perdeu as duas partidas que jogou, contra os cubanos. Entrou pressionado?

    Eu acordei tranquilo e confiante. Mesmo com as derrotas de ontem no individual e duplas. Elas não me afetaram em nada aqui. Eu sabia, pela experiência que eu tenho, que se tivesse entrado pensando nas derrotas, que precisava me recuperar, seria pior. Ontem perdi porque eles jogaram bem. Hoje, na partida com o Pablo, foi uma das vitórias mais difíceis da minha vida. Tive de virar três sets. Estava perdendo o primeiro, o terceiro e o quarto e ainda assim ganhei.

    Em alguns momentos achou que iria depender da vitória de seus companheiros de time, Gustavo e Thiago, para conquistar a medalha?

    Em nenhum momento eu tive medo de perder. Eu sabia que se colocasse três bolas na mesa, eu iria vencer. E foi o que aconteceu.

     

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros