UOL Pan 2011 Prova de rua em cartão postal de Guadalajara frustra a organização e não empolga o público - 16/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/16/prova-de-rua-em-cartao-postal-de-guadalajara-frustra-a-organizacao-e-nao-empolga-o-publico.htm
  • Prova de rua em cartão postal de Guadalajara frustra a organização e não empolga o público
  • 26/06/2022
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
O brasileiro Gregolry Panizo terminou na 13º na prova contrarrelogio em Guadalajara

O brasileiro Gregolry Panizo terminou na 13º na prova contrarrelogio em Guadalajara

16/10/2011 - 14h44

Prova de rua em cartão postal de Guadalajara frustra a organização e não empolga o público

Mauricio Stycer
Em Guadalajara (México)

O ambiente era o melhor possível: uma prova de rua, atravessando um dos cartões postais de Guadalajara num lindo domingo de sol. Mas algo deu errado nos planos dos organizadores da disputa de ciclismo, corrida contra o relógio, disputada diante dos Arcos Vallarta: o público simplesmente não se empolgou.

Construído em 1942, os arcos celebram o 400º aniversário da fundação de Guadalajara. O local onde está é uma antiga entrada da cidade.

O esforço para transformar a disputa num grande evento incluiu a contratação de uma bandinha, dois animadores profissionais, a montagem de arquibancadas em trechos do percurso e caixas de som instaladas em diferentes pontos, transmitindo música pop.

O problema é o formato da prova. Cada ciclista parte sozinho, em intervalos de um minuto, e muito raramente ocorre uma ultrapassagem. A disputa é, de fato, contra o relógio. No caso da corrida masculina, a duração é de 40 km, o equivalente a quatro voltas no circuito.

À frente de cada ciclista vai uma motocicleta da polícia e atrás segue um carro e outra moto, filmando. Para quem está em casa, vendo as imagens editadas, pode até ser divertido. Para quem se colocou ao longo da avenida, a emoção é próxima de zero.

Famílias inteiras se deslocaram para ver a prova. As crianças, em sua maioria, preferiam se divertir brincando de costas para a rua.

O Brasil só disputou na categoria masculina, com Gregolry Panizo, que terminou em 13º lugar, com o tempo de 52min32. O vencedor foi Alirio Perez, da Colômbia, com 49min56s93, seguido por Matias Medici, da Argentina, com 50 minutos, e Carlos Oyarsun, do Chile, com 50min27.

A prova feminina, de 20 km, foi vencida por Maria Luisa Calle, da Colômbia, com o tempo de 28min04s82, seguida por Evelyn Garia, de El Salvador, com 28min13s76, e Laura Brown, do Canadá, com 28min24s00.

Brasileiros no segundo dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no segundo dia do Pan de Guadalajara

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros