UOL Pan 2011 Após bronze no polo aquático, nadadora tenta nova medalha no triatlo no Pan-2011 - 06/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/06/apos-bronze-no-polo-aquatico-nadadora-tenta-nova-medalha-no-triatlo-no-pan-2011.htm
  • Após bronze no polo aquático, nadadora tenta nova medalha no triatlo no Pan-2011
  • 24/10/2020
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
06/10/2011 - 14h00

Após bronze no polo aquático, nadadora tenta nova medalha no triatlo no Pan-2011

Do UOL Esporte*
Em São Paulo
  • Triatleta no Pan de 2011, Flavia Fernandes fazia parte da seleção de polo aquático em 2007

    Triatleta no Pan de 2011, Flavia Fernandes fazia parte da seleção de polo aquático em 2007

Flávia Fernandes foi medalhista de bronze no polo aquático no Pan-Americano de 2003. Goiana, se dedicou à modalidade por 15 anos. Vivia de seus gols. Há dois anos, porém, trocou o ganha pão pelo hobby: virou triatleta e, em Guadalajara, tentara uma medalha na segunda modalidade diferente.

"Foi uma mudança natural. Joguei pólo por 15 anos, mas sempre gostei de correr e nunca tive carro. Ia para todo lugar de bicicleta. Já era amiga do pessoal do triatlo, eles me convidaram para fazer uma provinha, comecei a ir bem e o hobby virou paixão”, conta a hoje triatleta.

Sua despedida da antiga modalidade foi no Mundial de Roma, em 2009, em que a seleção brasileira terminou em 13º lugar. Antes disso, ela disputou cinco Mundiais, três pré-olímpicos e dois Pan-Americanos. Em 2006, ainda recebeu o prêmio Brasil Olímpico da modalidade.

“Nessa época [do Mundial de 2009], eu já treinava com o pessoal do triatlo. Quando chegou a hora de decidir se iria mudar [de esporte], recebi apoio dos dois lados, do pólo e do triatlo. Mas é claro que deu medo. O pólo fez parte da maior parte da minha vida, era minha profissão, o meu sustento”, lembra. Poucos meses depois, ela venceu a última etapa do Troféu Brasil, o mais tradicional circuito de triatlo do país. Foi a senha para a mudança definitiva.

Não fosse pela medalha pan-americana (e o sucesso no pólo aquatico), a história de Flávia seria comum no triatlo, junção de natação, corrida e ciclismo. A equipe que vai ao Pan de 2011, por exemplo, é formada por cinco ex-nadadores. O único que não era atleta antes de entrar no triatlo era Diogo Sclebin.

“Entrei no triatlo em 2000. Eu já tinha feito escolinha de natação no Fluminense e feito viagens de bicicleta. Como meu irmão fazia corridas de rua, resolvi unir os dois e logo entrei em uma equipe”, conta o carioca de 29 anos.

Os outros membros são todos ex-nadadores. “Eu fui nadadora por 13 anos antes do triatlo”, conta Carla Moreno, a mais experiente do grupo. “O momento mais difícil da minha carreira foi a troca da natação pelo triatlo. Convenci meu patrocinador a continuar apoiando, mas tinha toda aquela pressão de mostrar resultados para provar que a mudança tinha sido positiva”, lembra Pâmella Oliveira, que completa a equipe feminina.

* Reportagem de Júlio Delmanto

 

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros