UOL Pan 2011 Brasil fatura 2 ouros no 4x100, é tetra no masculino e passa Argentina na história do Pan - 28/10/2011 - UOL Pan 2011
  • http://pan.uol.com.br/2011/ultimas-noticias/2011/10/28/apos-ouros-de-velocistas-meninas-do-brasil-sao-campeas-do-4x100-m-rasos.htm
  • Brasil fatura 2 ouros no 4x100, é tetra no masculino e passa Argentina na história do Pan
  • 27/11/2014
  • UOL Esporte - Pan 2011
  • Pan 2011
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Quarteto brasileiro vibra com o tetracampeonato conquistado no revezamento 4x100 m

Quarteto brasileiro vibra com o tetracampeonato conquistado no revezamento 4x100 m

28/10/2011 - 20h39

Brasil fatura 2 ouros no 4x100, é tetra no masculino e passa Argentina na história do Pan

Alexandre Sinato
Em Guadalajara (México)

O atletismo brasileiro conquistou duas medalhas de ouro no revezamento 4x100 m rasos, dominando tanto a prova masculina quanto a feminina nesta sexta-feira, durante o Pan de Guadalajara. Além do tetra no masculino e o bom resultado no feminino, coroando as conquistas individuais dos outros dias de competição, o país de quebra passou os ouros da Argentina no quadro de medalhas geral da história dos Pans, segundo os números oficiais da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa). E fechou o dia com uma prata no 4x400m

Com estas vitórias, e os triunfos de Leandro Cunha e Bruno Mendonça no judô, e Diego Hypolito na ginástica artística, o Brasil chega a 281 medalhas de ouro no Pan-Americano, uma a mais que os argentinos. Esta é a primeira vez na história dos Jogos Pan-Americanos que o Brasil fica à frente da Argentina no quadro geral de medalhas. Os “hermanos” construíram uma boa vantagem na primeira edição da competição. Em 1951, em Buenos Aires, os argentinos conquistaram 68 medalhas de ouro, contra apenas cinco dos brasileiros.

A diferença foi tão grande que a delegação brasileira demorou 60 anos para conseguir tirar essa vantagem. A excelente campanha no Rio-2007, com 52 ouros, e as 44 conquistadas agora em Guadalajara fizeram com que os brasileiros ultrapassassem os rivais.

Nesta sexta, a primeira conquista no revezamento veio com as meninas. O Brasil já havia mostrado boa forma nas provas femininas de velocidade nos primeiros dias do Pan, com ouros de Rosangela Santos nos 100 m e Ana Claudia Lemos nos 200 m rasos.

Nesta sexta-feira, os resultados foram coroados com um título em conjunto. Contando com as duas campeãs, as garotas do Brasil ficaram com o título do revezamento 4x100 m, dominando uma prova que tem tradição de vitórias no masculino.

Brasileiros no décimo quarto dia do Pan de Guadalajara
Brasileiros no décimo quarto dia do Pan de Guadalajara

Em seguida, o Brasil entrou na pista com os homens, e foi dominante durante toda a disputa. Com este resultado, o Brasil chegou ao quarto título consecutivo em Pans, após as conquistas de Winnipeg-1999, Santo Domingo-2003 e Rio-2007.

A conquista feminina

Ana Claudia Lemos abriu o revezamento com uma excelente largada, deixando o Brasil na liderança para a corrida de Vanda Gomes. A segunda passagem do bastão foi mais problemática, para Franciela Krasucki.

No entanto, provando porque foi campeã pan-americana dos 100 m rasos, Rosangela recebeu o bastão na última passagem em segundo lugar e disparou. Não houve chances para as rivais, com tempo de 42s85 para as brasileiras - o time ficou a apenas 23 centésimos do recorde pan-americano, da Jamaica.

Completaram o pódio Estados Unidos, com o tempo de 43s10, e o time da Colômbia, que fechou o revezamento em 43s44.

Domínio e tradição no masculino

A prova masculina foi ainda mais fácil para o Brasil, um dos favoritos da prova. O quarteto dominou desde o início, largando com Ailson Feitosa. Sandro Viana foi o segundo a carregar o bastão e passou em boas condições para Nilson André. Bruno Lins, bronze nos 200 m, só disparou para fechar na frente.

O  Brasil igualou o recorde pan-americano, da Jamaica em Winnipeg-1999, com 38s18. A prata e o bronze foram, respectivamente, para São Cristóvão e Névis (38s81) e Estados Unidos (39s17). Cuba ficou na quarta posição.

Prata no 4x400 m feminino

A tarde brasileira no estádio mexicano terminou com mais um pódio. Foi com a medalha de prata no 4x400 m feminino. Cuba conquistou a medalha de ouro, com o tempo de 3min28s09, enquanto o time verde-amarelo cruzou em 3min29s59. O bronze foi das colombianas.

O quarteto brasileiro contou com Joelma Souza, Geisa Coutinho, Barbara Oliveira e Jailma Lima para a conquista.

*Atualizada às 21h35

Medalhas

  • País
    Ouro
    Prata
    Bronze
    Total
    EUA 92 79 65 236
    CUB 58 35 43 136
    BRA 48 35 58 141

Atletas Brasileiros

  • Veja o perfil dos atletas brasileiros